• Correa e Lopes

RJ decreta estado de calamidade pública; 66 cidades também decretaram

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, reconheceu o estado de calamidade pública do Rio. O decreto foi publicado em edição extraordinária do Diário Oficial na noite da última sexta-feira (17).


O decreto vigora até o dia 1º de setembro, mas pode ser prorrogado caso a pandemia ainda persista.


A partir de agora, o estado passa a ter mais flexibilidade na contratação de pessoal e na compra de bens e serviços.


Até agora, 66 cidades do Rio de Janeiro já tinham decretado estado de calamidade pública.


Municípios


  • I – Angra dos Reis;

  • II – Areal;

  • III – Arraial do Cabo;

  • IV – Barra do Piraí;

  • V – Barra Mansa;

  • VI – Bom Jesus do Itabapoana;

  • VII – Cabo Frio;

  • VIII – Cachoeiras de Macacu;

  • IX – Cardoso Moreira;

  • X – Carmo;

  • XI – Casimiro de Abreu;

  • XII – Comendador Levy Gasparian;

  • XIII – Conceição de Macabu;

  • XIV – Cordeiro;

  • XV – Duque de Caxias;

  • XVI – Engenheiro Paulo de Frontin;

  • XVII – Guapimirim;

  • XVIII – Itaboraí;

  • XIX – Itaguaí;

  • XX – Italva;

  • XXI – Itaocara;

  • XXII – Itaperuna;

  • XXIII – Itatiaia;

  • XXIV Laje de Muriaé

  • XXV – Macaé;

  • XXVI- Macuco;

  • XXVII- Magé;

  • XXVIII – Maricá;

  • XXIX – Mesquita;

  • XXX – Miguel Pereira

  • XXXI- Miracema;

  • XXXII – Nova Iguaçu;

  • XXXIII- Natividade;

  • XXXIV- Nilópolis;

  • XXXV- Nova Friburgo;

  • XXXVI – Paracambi;

  • XXXVII-Paraty

  • XXXVIII- Paty do Alferes;

  • XXXIX – Petrópolis;

  • XL – Pinheiral;

  • XLI – Piraí;

  • XLII- Porciúncula;

  • XLIII- Porto Real;

  • XLIV- Rio Claro;

  • XLV: Resende;

  • XLVI – Rio Bonito;

  • XLVIII – Rio das Flores

  • XLIX – Rio de Janeiro;

  • L – São Fidélis;

  • LI – São Gonçalo;

  • LII – São João da Barra;

  • LIII – São Pedro da Aldeia;

  • LIV – São Sebastião do Alto;

  • LV – Santa Maria Madalena;

  • LVI – Sapucaia;

  • LVII- Saquarema;

  • LVIII- Seropédica;

  • LIX – Mangaratiba;

  • LX – Tanguá;

  • LXI – Teresópolis;

  • LXII – Trajano de Morais;

  • LXIII – Três Rios;

  • LXIV – Valença;

  • LXV- Volta Redonda;

  • LXVI- Queimados;

  • LXVII- Quissamã.



Fonte: DOE

2 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

RESOLUÇÃO SEFAZ No 202 DE 24 DE FEVEREIRO DE 2021

DISCIPLINA, NO ÂMBITO DA SEFAZ, OS PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS AO CUMPRIMENTO DO PREVISTO NO DECRETO No 47.488/2021, QUE REGULAMENTA O DISPOS- TO NA LEI COMPLEMENTAR No 189/2020, QUE INSTITUI O PROGRAMA

Especialista Tributária

UMA EMPRESA DO GRUPO VIRIATO

© 2017 POR CORREA & LOPES CONSULTORIA TRIBUTÁRIA LTDA