• Correa e Lopes

Governo suspende temporariamente registro no Siscoserv

Decisão de suspender o Siscoserv acontece diante da situação de pandemia do país, mas deve ser retomada em janeiro de 2021, segundo governo.

As secretarias especiais de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais (SECINT) e da Receita Federal do Brasil (SERFB) do Ministério da Economia suspenderam de 1º de julho a 31 de dezembro de 2020 o prazo para a realização de registros no Sistema Integrado de Comércio Exterior de Serviços, Intangíveis e Outras Operações que Produzam Variações no Patrimônio (Siscoserv).


A medida foi publicada na Porta Conjunta SECINT/RFB n° 25, de 26 de junho de 2020 e faz parte das ações do governo, diante da pandemia, de prorrogação de prazos de cumprimento de diversas obrigações que recaem sobre o setor privado.


A situação atual do Brasil também resultou a necessidade de redirecionamento dos recursos orçamentários do governo federal para ações de enfrentamento à crise. Por isso, foi feito o desligamento temporário do Siscoserv a partir do dia 11 de julho e se estendendo até o final do ano para viabilizar as priorizações do momento.


Reativação do Siscoserv

O Ministério da Economia informou que os registros que deixarem de ser efetuados no Siscoserv ao longo de 2020, ainda deverão obrigatoriamente ser realizados a partir de 1º de janeiro de 2021.


Diante disso, a pasta explicou que a partir de 2021 os prazos para a realização dos registro serão retomados do exato ponto em que se encontravam antes do período da suspensão temporária.


Fonte: Portal contabeis

4 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

RESOLUÇÃO SEFAZ No 202 DE 24 DE FEVEREIRO DE 2021

DISCIPLINA, NO ÂMBITO DA SEFAZ, OS PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS AO CUMPRIMENTO DO PREVISTO NO DECRETO No 47.488/2021, QUE REGULAMENTA O DISPOS- TO NA LEI COMPLEMENTAR No 189/2020, QUE INSTITUI O PROGRAMA

Especialista Tributária

UMA EMPRESA DO GRUPO VIRIATO

© 2017 POR CORREA & LOPES CONSULTORIA TRIBUTÁRIA LTDA