• Correa e Lopes

Indústria de cosméticos pede parcelamento de tributos para pequenas empresas

A Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) e outras 35 entidades setoriais de diversos ramos econômicos, estão pleiteando medidas adicionais de apoio às micro e pequenas empresas durante a pandemia.


O principal pleito é o parcelamento dos débitos das empresas optantes pelo Simples Nacional relativos ao período de março a maio. A ideia é que esses tributos possam ser parcelados em 12 meses, com vencimento da primeira parcela em janeiro de 2021.


Por conta da pandemia, governo prorrogou o pagamento de tributos para empresas optantes do Simples no período de março a maio, mas o prazo para iniciar os pagamentos desses débitos começa este mês.


Com isso, as companhias terão de pagar cumulativamente os valores vencidos com os impostos relativos a junho e julho, num momento em que ainda não retomaram plenamente suas atividades.


“Na prática, as postergações no pagamento dos tributos, promovidas por tal resolução [CGSN nº154/2020], quando cumuladas, a obrigatoriedade de pagamento integral dos tributos nos meses vincendos, deixará o caixa das empresas optantes do Simples Nacional em situação ainda mais delicada”, afirma a Abihpec, em comunicado.


A entidade, que coordena esse movimento, apresentou a proposta de parcelamento ao Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN) na sexta-feira.


Fonte: valor investe

1 visualização