• Correa e Lopes Consultoria

BEm ultrapassa 19 milhões de acordos trabalhistas


Com cerca de 19 milhões de acordos celebrados e 9,7 milhões de trabalhadores beneficiados, o Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e Renda (BEm) tem demonstrado sucesso na preservação do emprego formal no País. Os dados foram divulgados pela Secretaria Especial de Previdência Trabalho na última semana.


O BEm é processado pela Dataprev e propõe medidas trabalhistas para enfrentar o estado de calamidade pública decorrente da pandemia da Covid-19, prevendo a possibilidade de empregadores e trabalhadores firmarem, individual ou coletivamente, acordos de suspensão temporária dos contratos de trabalho, ou de redução proporcional de jornada e salários.


O Programa tem validade de até 31 de dezembro e os acordos podem ser celebrados por até 240 dias.


Como parceira tecnológica da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (Seprt-ME), a Dataprev já processou cerca 97% dos pedidos de acordos BEm, registrados nos sistemas do Programa.

Novos empregos


Pelo terceiro mês consecutivo o Novo Caged registrou saldo positivo na geração de empregos com carteira assinada. O saldo do emprego formal ficou positivo em 313.564 postos de trabalho em setembro, mês com o melhor resultado de 2020.


O secretário especial Bruno Bianco explicou que o resultado positivo é fruto de um conjunto de medidas para preservar empregos e estimular as contratações. “Conseguimos, durante a pandemia, manter empregos. O resultado do Caged é o resultado do trabalho de todos. Mais de 300 mil novos postos de trabalho, melhor setembro da série histórica de todo o Caged”, afirmou.


Fonte: Casa Civil - SESCON-RJ

2 visualizações

Especialista Tributária

UMA EMPRESA DO GRUPO VIRIATO

© 2017 POR CORREA & LOPES CONSULTORIA TRIBUTÁRIA LTDA