top of page
  • Correa & Lopes

IMPACTOS DO AUMENTO DO ICMS E FCP NA ECONOMIA: ANÁLISE DA LEI N° 10.253/2023

Atualizado: 7 de jun.



No atual cenário econômico, é crucial estar atento às mudanças nas legislações fiscais que podem impactar diretamente as empresas e contribuintes. Recentemente, o Estado aprovou uma significativa alteração nas alíquotas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), somada a um adicional do Fundo de Combate à Pobreza (FCP). Este artigo busca analisar os efeitos dessa mudança, estabelecida pela Lei n° 10.253/2023, que entrará em vigor a partir de 20 de março de 2024.


O ICMS é um imposto estadual que incide sobre a circulação de mercadorias e alguns tipos de serviços. Cada estado tem a liberdade de estabelecer sua própria alíquota, o que pode resultar em diferenças significativas de um estado para outro.


Aprovada pelo legislativo estadual, a Lei n° 10.253/2023 determina um aumento na alíquota do ICMS de 20,00% para 22,00%, com um adicional de 2,00% destinado ao FCP. Essa decisão reflete não apenas a busca por novas fontes de receita para o Estado, mas também a preocupação com a destinação de recursos para programas sociais por meio do FCP.


Esse aumento nas alíquotas do ICMS e FCP terá repercussões diretas sobre as empresas, especialmente aquelas que operam nos setores mais sensíveis a alterações tributárias. Com uma carga fiscal mais elevada, as organizações precisarão reavaliar suas estratégias financeiras, considerando a possibilidade de repassar parte desse aumento de custos para os consumidores.


Pequenas e médias empresas, em particular, podem sentir o peso dessa mudança de forma mais intensa, exigindo uma gestão financeira mais precisa e a busca por eficiência operacional para minimizar os impactos negativos.


O aumento do ICMS e do FCP inevitavelmente se traduzirá em preços mais altos para os consumidores finais. Isso pode impactar o poder de compra e o comportamento de consumo, levando as pessoas a reconsiderarem suas escolhas e prioridades. O setor varejista e de serviços será particularmente afetado, demandando estratégias inovadoras para atrair clientes mesmo diante desse cenário.


ADAPTAÇÃO E PLANEJAMENTO FISCAL

Diante desse novo cenário tributário, torna-se essencial que as empresas realizem um planejamento fiscal adequado. A revisão de contratos, a busca por incentivos fiscais existentes e a otimização das operações são medidas que podem contribuir para mitigar os impactos do aumento do ICMS e do FCP.


É crucial contar com o apoio de consultorias tributárias especializadas, como nosso escritório, para orientar as empresas no processo de adaptação às mudanças e na identificação de oportunidades para minimizar os impactos financeiros.


A alteração nas alíquotas do ICMS e a introdução do adicional do FCP representam desafios significativos para empresas e consumidores. A capacidade de adaptação, aliada a um planejamento fiscal estratégico, torna-se fundamental para mitigar os efeitos negativos e identificar oportunidades em meio a esse novo contexto tributário.

Na Correa e Lopes Consultoria Tributária, estamos prontos para ajudá-lo a navegar por essas mudanças. Entre em contato conosco para saber mais sobre como podemos ajudar sua empresa a se adaptar a este novo ambiente fiscal.

 

Mais informações? (21) 2292-9071 / 2215-5265



Σχόλια

Βαθμολογήθηκε με 0 από 5 αστέρια.
Δεν υπάρχουν ακόμη βαθμολογίες

Προσθέστε μια βαθμολογία
bottom of page